O que quero, ou devo querer para o futuro?

Cuspido por Sr. Smurf terça-feira, 12 de abril de 2011 6 enxeções de saco

Bom, após uma breve pausa de 1 mês do SV, estamos aqui de volta.

Hoje irei falar de algo bem filosófico, como por exemplo: 'qual o nosso objetivo de vida?'
Antes vamos a música do post:
Nothing Else Matters na versão da banda apocalyptica:


Enfim, vamos ao que importa...
Um dia desses eu fui indagado no colégio sobre quais eram minhas metas para esse ano de 2011, fiquei meio sem saber o que responder, porque isso é, de fato, uma pergunta muito profunda. Quando me fizeram essa pergunta, eu estava na sala de aula, e na presença de todos, e eu pensei, "o que quero para 2011?", a resposta pra mim é um pouco simples, mas para muitos parece besteira, eu respondi "continuar vivo"(isso sem ligações com aquela tragédia na escola do Rio, fiquei sabendo disso no mesmo dia, no final do dia). Como era de se esperar, pela resposta simples e singular, todos riram, tipo, 'como assim?', e nisso ate a pessoa que efetuou a pergunta também ficou surpresa com a resposta, então insistindo perguntou novamente, "mas assim, o que você quer para esse ano?", novamente pensei e fiquei sem resposta, quando fui interrompido pela mesma,  e esta respondeu o que esperava de mim como resposta, "bom, eu como 'aluno' quero para o final do ano, passar de ano, passar no vestibular, passar no concurso, conseguir um emprego, enfim, isso que eu quero para o ano"

Eu realmente não sei se é isso que devo querer para esse ano, porque uma pergunta como "o que você quer para esse ano?" é como se perguntar "qual o objetivo da vida?", e eu não sei qual é o objetivo da vida, logo, fiquei sem saber o que responder.
Será se a resposta da felicidade estar em passar no vestibular? ou ate mesmo passar em um concurso?
Isso me lembra o filme "À Procura da felicidade"
Essa é a última cena do filme, que depois que o 'Pai' consegue emprego, ele consegue a felicidade, e assim pode passear com o seu filho tranquilamente, sem preocupações com o dinheiro.
Mas no filme, o personagem só consegue ficar feliz depois de conseguir um emprego...

Assim, eu não sei se eu quero passar no vestibular, passar em um concurso, ficar rico, ou se é apenas a sociedade que quer que eu queira isso, porque isso parece que são valores que já foram embutidos em nossa mente, que para sermos felizes temos que ser realizados financeiramente...

Em contraste a isso, no filme "Tempos modernos", ao meu ver, o charlin também está procurando a felicidade, tem até um momento do filme em que ele acha que a prisão é um bom local, porque la ele consegue viver 'feliz', ao ponto de vista dele. O que quero dizer é que o algo que traz felicidade é algo individual a cada ser, ou seja, o que me deixa feliz, não necessariamente lhe deixará feliz também.
Olhem a última cena de "Tempos modernos", é até semelhante a cena acima...





Mas nesse caso, Charlin está sem casa, sem emprego, sem dinheiro, e está feliz apenas com a companhia de uma mulher, que parece ser o "par romântico" dele no filme.
Quero dizer que, cada um, por mais que viva na mesma sociedade, pode querer coisas diferentes, e ser realizado com coisas diferentes. O objetivo muda de pessoa para pessoa, e eu acho isso bom, já pensou, 'todos querendo a mesma coisa?', que chato seria né?

E nos meus próximos post's estarei divulgando blogs que apareceram esse ano de uns amigos, e espera-se que esses blogs postem coisas boas...
Tá ai, recomendo o Blog do Tsolakis.

Abraços do Sr Smurf